O deputado do CDS eleito por Setúbal quer que a Ministra da Administração Interna esclareça quais os investimentos que vão ser feitos na divisão territorial da PSP de Almada, nomeadamente em viaturas e, também, quando pretende a tutela entregar à PSP de Almada viaturas equivalentes às que recentemente distribuiu por Lisboa e Porto.

De acordo com notícias recentemente veiculadas pela comunicação social, a esquadra da PSP de Almada encontra-se, de momento, com graves problemas ao nível dos seus meios materiais, nomeadamente o mau estado em que se encontram grande parte das suas viaturas.

Segundo a mesma fonte, os agentes da referida esquadra terão nos últimos dias recorrido inclusive, às suas viaturas particulares para conseguirem dar cumprimento às várias solicitações que lhes são feitas.

Esta necessidade deve-se ao facto de as 4 viaturas da PSP de Almada estarem paradas, em resultado de diversos problemas e avarias mecânicas.

As referidas notícias dão conta, ainda, de que as duas viaturas que estão ao serviço da Equipa de Intervenção Rápida (EIR) têm já muitos anos, carecem de manutenção e apresentam uma elevada quilometragem.

A PSP de Almada apenas dispõe de uma carrinha para 25 agentes, que apresenta os mesmos problemas do restante parque automóvel daquela força de segurança, o que já terá impedido que os agentes de investigação criminal da PSP de Almada tenham sido impedidos de tomar conta de várias ocorrências criminais.

Partilhe esta notícia