O deputado do CDS-PP Nuno Magalhães questionou hoje o Ministro da Saúde sobre a construção da nova Unidade de Saúde de Azeitão.

Nuno Magalhães questiona, desde logo, se o ministro tem conhecimento dos problemas que afetam a Unidade de Saúde de Azeitão, nomeadamente as condições exíguas ao seu funcionamento e a falta de médicos e outros profissionais de saúde, e que que medidas está o Ministério da Saúde a tomar no sentido de resolver, com a urgência necessária, os problemas que afetam aquela Unidade de Saúde.

O deputado do CDS-PP questiona depois se o ministro tem conhecimento da cedência de um terreno, por parte da Câmara Municipal de Setúbal, para construção de uma nova Unidade, se confirma que tanto a Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo como a Administração Central do Sistema de Saúde já têm, também, conhecimento da cedência e localização do referido terreno, e que procedimentos estão neste momento em falta para que possa ter início a construção da nova Unidade de Saúde de Azeitão.

A Unidade de Saúde de Azeitão, integrada no Centro de Saúde Bonfim, do Agrupamento de Centros de Saúde Arrábida, funciona numa moradia adaptada, cujas instalações são diminutas, insuficientes e sem condições quer para os utentes quer para os profissionais de saúde.

A Unidade de Saúde de Azeitão serve uma população de cerca de 19 mil habitantes, sendo que destes cerca de sete mil não têm médico de família

Desde há muito que tanto a população como os autarcas exigem a construção de um novo equipamento de saúde familiar, tendo a Câmara Municipal de Setúbal já cedido um terreno para a sua construção. A este propósito, no final de março p.p., a Assembleia Municipal de Setúbal aprovou uma moção na qual se refere que a questão do terreno nunca foi obstáculo para a construção da nova unidade, faltando, no entanto, o acordo quer da Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo quer da Administração Central do Sistema de Saúde.

Recentemente, também, foi criada uma Petição pela construção de uma nova Unidade de Saúde Familiar em Azeitão.

O CDS-PP entende que os Cuidados de Saúde Primários são a “porta de entrada” para o Serviço Nacional de Saúde e entendemos que o Governo tem de continuar a política de reforço nestes cuidados de saúde. Os Cuidados de Saúde Primários deverão assegurar a necessária proximidade junto das populações e proporcionar os atos inerentes às suas características, com qualidade e em tempo clínica e socialmente adequado.

 

 

Partilhe esta notícia