Estamos a três jornadas do fim do campeonato e as posições na Liga NOS começam a ficar decididas. O Benfica deu mais um passo rumo ao seu 34º título ao vencer em Barcelos o Gil Vicente por 5-0 numa exibição de gala onde, para além do pragmatismo, não faltou nota artística. O destaque vai obviamente para a defesa do Benfica que manteve inviolável a baliza de Júlio César e apontou três dos cinco golos dos Encarnados, dois por Maxi Pereira (aos 15 e aos 69 minutos) e um por Luisão (aos 46 minutos). Jonas e Lima não podiam faltar e apontaram o seu golo da praxe. Jonas continua uma luta renhida com Jackson no que diz respeito ao melhor marcador do campeonato nacional. O título ficou mais próximo mas os comandados de Jorge Jesus não podem descansar, nada ainda está conquistado.

O F.C. Porto foi a Setúbal conquistar três importantes pontos numa exibição eficaz mas que não encantou os adeptos do clube nem os amantes do futebol em geral. Brahimi e Jackson fizeram os dois golos que vão mantendo vivo o sonho do título mas pelo menos um objetivo está quase conseguido, o acesso direto à Champions League de 2015/16. Caso o F.C. Porto não consiga o título nacional, vai ser muito difícil apagar uma época onde o investimento foi grande e os resultados muito pobres.

O Sporting fez “rodar” muitos dos seus jogadores frente ao Nacional mas mesmo assim conseguiu ser uma equipa consistente e que conseguiu os três pontos em Alvalade. Montero bisou na partida e ajudou os Leões a garantir matematicamente o 3º lugar do campeonato, que dará acesso ao playoff de acesso à Champions League de 2015/16. As energias da equipa de Alvalade estão cada vez mais apontadas para a final da Taça de Portugal, competição que o Sporting não vence desde 2007/08 quando derrotou o F.C. Porto por 2-0 após prolongamento.

Nos restantes lugares da tabela classificativa o Sp. Braga só joga hoje frente ao Paços de Ferreira mas é pouco provável que a equipa Bracarense deixe escapar o quarto lugar do campeonato. O Sp. Braga também já está com os olhos postos no Jamor para defrontar o Sporting e para procurar a conquista da Taça de Portugal pela segunda vez no seu historial; a primeira vez foi na época de 1965/66. O Guimarães venceu o Estoril por 2-0 e deu um passo importante para segurar o quinto lugar e uma vaga no playoff de acesso à Liga Europa.

Mais abaixo na tabela classificativa, o Gil Vicente e o Penafiel veem a sua vida cada vez mais complicada mas ainda espreitam deslizes da Académica, do Arouca e do V. Setúbal para terem algumas hipóteses de sonhar com a manutenção. A próxima jornada será decisiva a muitos níveis e as emoções vão continuar ao rubro na principal liga Portuguesa.

 

Ricardo Santos

Marketeer

Partilhe esta notícia