O júri destaca a criatividade dos trabalhos e o envolvimento de toda a comunidade escolar na iniciativa 

O Concurso Escolar “Água para Todos”, lançado no último trimestre de 2019 pela ENA – Agência de Energia e Ambiente da Arrábida para fomentar o uso responsável da água, já tem vencedores. 

Este concurso está enquadrado no Projeto Pedagógico Maletas da Sustentabilidade, com o intuito de promover a eficiência hídrica na escola através de campanhas de sensibilização realizadas pelos alunos, bem como motivar a comunidade escolar, envolvendo professores, alunos e famílias, para a adoção de medidas de redução dos consumos que se traduzam na alteração de comportamentos e na redução do desperdício e/ou consumo.

O concurso, dirigido a escolas do 2.º e 3.º Ciclos dos concelhos de Palmela, Sesimbra e Setúbal, contou com a participação de 12 escolas e cerca de 1300 alunos, cujos trabalhos incidiram na necessidade de adotar medidas de poupança na utilização do recurso água, na escola e em casa.

Alunos e professores utilizaram uma ferramenta para o cálculo da pegada hídrica como forma de consciencialização, associando o consumo de água não só à utilização direta que fazemos da mesma, como aos produtos e bens que consumimos. Em sala de aula, e como suporte às atividades, foram utilizados os recursos pedagógicos da Maleta “Água para Todos” disponibilizada pela ENA. 

O júri, formado por representantes das Câmaras Municipais e da ENA, destacou a criatividade dos trabalhos apresentados, assim como o grande envolvimento dos participantes e impacto na comunidade escolar. A identificação de medidas para a utilização da água de forma mais eficiente numa região como a Arrábida, vulnerável aos impactos das alterações climáticas, particularmente de escassez de água e desertificação, foi ainda sublinhada pelo júri como um dos aspetos mais relevantes da iniciativa. 

Em cada município foram premiadas três campanhas de sensibilização com o espetáculo “O Homem que queria ser Água”. Todas as escolas participantes receberão redutores de caudal a instalar nas suas torneiras.

As escolas vencedoras, por concelho, foram:

  • Setúbal: Escola Básica Luísa Todi, Área de Jovens – LATI – Centro Comunitário du Bocage, Escola Básica e Secundária Ordem de Sant’Iago;
  • Sesimbra: Escola Básica do Castelo, Escola Básica Integrada da Quinta do Conde, Escola Secundária de Sampaio;
  • Palmela: Escola Secundária de Palmela, Escola Hermenegildo Capelo, Escola Secundária de Pinhal Novo. 

Dada a situação atual de pandemia e o encerramento das escolas, o evento público para entrega dos prémios será agendado assim que for possível regressar ao normal funcionamento.

A ENA realizou ainda um pequeno vídeo que reúne os trabalhos apresentados para agradecer a participação de todas as escolas nesta iniciativa e que está disponível em: https://bit.ly/2KnUyVm ou https://youtu.be/BsCOZXqTlsE