O Museu Etnográfico de Canha recebe alguns trabalhos do pintor Marcelino Vespeira que integram o espólio da coleção de arte da Câmara Municipal do Montijo.

As obras estão disponíveis, naquele espaço nobre da freguesia de Canha, para todos aqueles que pretendam apreciar o talento de um dos grandes pintores portugueses contemporâneos que se notabilizou pela sua versatilidade, tendo-se destacado em várias correntes estéticas.

O espólio de Vespeira na coleção municipal totaliza vinte e uma serigrafias, das quais vinte foram doadas em vida pelo pintor à autarquia e a vigésima primeira foi doada pela sua família, após a sua morte.

Marcelino Vespeira nasceu no Samouco, em 1925. A sua forte ligação ao Montijo levou a Câmara Municipal do Montijo a homenagear a sua obra, com a criação do Prémio Vespeira em 1985.

Fez o curso da Escola de Artes Decorativas António Arroio e frequentou a Escola de Belas Artes de Lisboa. Integrou a corrente neorrealista da Arte Portuguesa, tendo-se tornado conhecido pela sua participação na 1.ª Exposição Geral de Artes Plásticas, SNBA, Lisboa (1946). Em 1948 rompe com esta corrente artística e adere ao surrealismo, integrando a primeira exposição do Grupo Surrealista de Lisboa (1949). Na década de 50, passou pelo abstracionismo geométrico, tendo participado no 1.º Salão de Arte Abstrata. Em 1957 recebeu o Prémio “Columbano”.

O seu longo historial de trabalho em artes gráficas e de resistência ao Estado Novo teve sequência após o 25 de Abril de 1974, revolução que viveu intensamente, colaborando ativamente com o Movimento das Forças Armadas. Vespeira foi autor do conhecido símbolo do MFA.

Em 1989 pintou a sua última obra “Fontela”. Em 2000 foi premiado pela Associação Internacional de Críticos de Arte. Faleceu em 2002.

Para além das obras de Marcelino Vespeira, no Museu Etnográfico de Canha pode, ainda, visitar a exposição “Isto é Património”, do Grupo United Art, dedicada ao património natural e cultural do concelho do Montijo.

Ambas as exposições estarão em exibição até 10 de Setembro. A entrada é livre.

 

 

Fonte: CMMontijo

Partilhe esta notícia