Observação de Aves – parte 2

Continuando o tópico do mês anterior, falemos de como encontrar as tão cobiçadas aves:

  • Para um nível mais principiante podemos optar por ir a sapais e lagoas, que permitem uma observação mais fácil, visto que são locais abertos com bons ângulos de visão, e por vezes já tem observatórios e estruturas para observação.
  • Comecemos então por fazer um estudo preparatório em casa acerca da ecologia e comportamento das aves que queremos observar. Por exemplo para ver aves de rapina (águias e falcões) convém ir para locais mais abertos e geralmente de manhã, pois estes animais estão mais activos antes do calor do meio-dia de modo a poupar energias enquanto caçam; e se o objectivo for observar aves marinhas (gansos-patola e cagarras) teremos de nos dirigir à linha de costa na companhia do nosso amigo telescópio ou então nos aventurarmos a um passeio de barco para nos aproximarmos do seu habitat natural – o mar aberto.
  • De seguida temos de nos perguntar qual o alimento das espécies que pretendemos ver – se comem frutos e sementes, teremos de nos deslocar até áreas florestadas como pinhal ou até pomares, se comem invertebrados aquáticos há que fazer observações a partir de margem de zonas alagadas como estuários e lagos.
  • Outra questão é onde fazem ninho? Pica-paus e corujas fazem-no em árvores, abelharucos em zonas arenosas, algumas águias em locais rochosos e rouxinóis e galinhas-de-água no meio de caniçais. Também em zonas de bosque podem ser colocadas caixas-ninho para chapins ou mochos. Há que ir de encontro aos ninhos mantendo a devida distância.
  • Por fim, ocasionalmente as aves apresentam-se esquivas ou escondidas, entramos num campo de detecção através de rastos deixados, como pegadas, penas no solo, restos de alimentos e regurgitados (vómitos compostos por restos não-digeridos de pelo, penas e/ou osso).

 

Fique atento à terceira parte que sairá no próximo mês, onde se falará de quando e onde as encontrar e técnicas de observação.

 

 

Saudações Ambientais

Mauro Hilário: Vice-Presidente do Grupo Flamingo

grupoflamingo.org

Partilhe esta notícia