“Trampa”

Não vou escrever sobre o discurso de vitória do “guerreiro” Trump, muito menos fazer “copy past” as palavras proferidas por este no momento de subir ao palanque e anunciar a vitória inesperada (?) na longuíssima e fatídica corrida à “casa branca”- convencer um eleitorado de quase 330 milhões de habitantes é “obra”!

Quero escrever sobre a forma super disputada que se realizaram estas eleições – quem não se lembra do caso dos e-mails (Hillary) e os vídeos que desvendaram um Donald Trump desbocado e despudorado na linguagem e nos gestos ao dirigrir-se ao género feminino. Para não falar das acusações mútuas aquando dos debates a boa maneira americana, entre os candidatos. Mas havia mais… Depois entrou em cena a “máquina” da propaganda vinda dos mais variados orgãos de informação – como que se estivessem a obedecer a mesma “cartilha”, a tentar influenciar o eleitorado. Até Krugman deu uma ajuda e travestiu-se de “mestre” da propaganda numa tentativa desesperada de convencer os indecisos a votarem em Hillary Clinton. Nos dias da grande decisão, fomos inundados com notícias que davam conta de que as principais bolsas americanas – as europeias estavam em sentido, estavam todos a negociar no “vermelho” e a economia mundial caminhava para a recessão, por conta da possibilidade de Trump ser o 45º Presidente dos EUA… Mas o povo americano e a América responderam “sim” a democracia virando costas ao “sistema” e fizeram de Donald Trump o “man of the moment”. A julgar pela demora que a candidata democrata demorou a reconhecer publicamente a derrota – não é difícil imaginar que o stock de “diazepan” deve ter esgotado na sede de campanha de Hillary. Talvez o “staff” da Candidata democrata não tenha aplicado bem as teorias propagandísticas de Edward Bernays. Trump- presidente mostra-se bem mais brando nas ideias e até já prometeu ser o Presidente de todos os americanos, inclusive de Hillary.

Acredito que Trump – presidente será bem melhor do que Trump-candidato.

A América e o mundo agradecem.

 

 

Manuel Mendes

Gestor de Empresas