Os 138 anos do Mercado do Livramento, em Setúbal, foram assinalados hoje de manhã com uma festa que incluiu a celebração de um acordo entre a Câmara Municipal e os comerciantes para a cedência das instalações de frio e gelo.

A presidente da Autarquia, Maria das Dores Meira, e o presidente da direção da ACML – Associação dos Comerciantes do Mercado do Livramento, Henrique João, firmaram uma declaração de intenção de celebração de contrato de comodato das instalações de frio e gelo localizadas no Mercado do Livramento.

Com este acordo, a Câmara Municipal, proprietária do Mercado do Livramento, cede gratuitamente à ACML as instalações de frio e gelo aos comerciantes daquele espaço para que assegurem o acondicionamento de produtos nas câmaras de frio e o fornecimento de gelo aos vendedores daquela praça setubalense.

Estas instalações têm sido geridas pela Autarquia desde que entraram em funcionamento após a instalação decorrente das obras de remodelação e modernização de que o Mercado do Livramento beneficiou recentemente.

“Este é um protocolo de trabalho, como todos os protocolos que são celebrados por esta Câmara”, frisou Maria das Dores Meira, acrescentando que a gestão das instalações de frio e gelo passa agora a ser feita “como deve ser e como diz a lei”.

Perspetiva também partilhada por Henrique João, para quem o acordo agora celebrado é mais um resultado da longa parceria desenvolvida entre a Câmara Municipal e ACML, além de “dotar o mercado com ainda melhores condições para quem o visita e nele trabalha”.

A assinatura da declaração de intenção de celebração de contrato foi um dos pontos altos do programa comemorativo dos 138 anos do Mercado do Livramento.

O espaço foi animado ao longo da manhã com música e incluiu momentos de poesia e de pintura.

Em paralelo, vários comerciantes apresentam durante o dia produtos com desconto, como forma de assinalar a data.

“Todos fazem este mercado”, sublinhou Maria das Dores Meia referindo-se, além da Câmara Municipal, aos comerciantes que ali desenvolvem a atividade e ao público que diariamente, há 138 anos, escolhe o Livramento para fazer compras.

A praça sadina, “um dos melhores mercados de Portugal”, salientou a autarca, assume-se como um ícone patrimonial e cultural do concelho. “Assim fazemos também de Setúbal a grande capital da margem norte do Sado, porque este é o rio que nos define, que faz parte das nossas vidas, que dá de comer a muitos de nós”, sublinhou.

Ao final da manhã cantaram-se os parabéns ao Mercado do Livramento e distribuiu-se bolo de aniversário pelo público presente.

 

 

Fonte: CMSetúbal

 

Partilhe esta notícia