No passado fim de semana, 13 e 14 de julho, o Largo de São João, em Palmela, foi ponto de encontro entre centenas pessoas que não faltaram aos últimos dias do Festival Internacional de Saxofones de Palmela (FISP). A paixão pelo saxofone está na génese desde Festival que, desde dia 8, marcou o ritmo na Vila com vários espetáculos gratuitos. Na próxima sexta-feira, 19, é a vez do Palmela Wine Jazz garantir as boas sonoridades no Castelo de Palmela. 

Masterclasses, workshops, concertos e conferências foram as propostas do FISP, cuja programação deixou bem patente as vertentes artística e pedagógica que marcam a essência deste festival que, de dois em dois anos, apresenta o Saxofone como fonte de inspiração e criação e junta, em torno da música, artistas internacionais e jovens músicos do concelho e arredores.

Além da passagem de nomes como Kenneth Tse (EUA), Vincent David, Michel Supera e Nicholas Prost (França), Rob Buckland, Andy Scott, Julian Arguelles e o quarteto Apollo (Reino Unido), Isabella Fabbri e Archille Succi (Itália) e Henk Van Twillert (Holanda), destaque para a realização do grande espetáculo “Pássaros”, uma criação do Teatro O Bando que contou com a participação de dezenas de jovens saxofonistas do concelho.  

No próximo fim-de-semana, 19 a 21 de julho, o jazz volta a ser anfitrião em Palmela, com a 6.ª edição do Palmela Wine Jazz. Fins de tarde descontraídos, acompanhados de música e vinhos de excelência, compõem a sugestão deste aguardado Festival que, no dia 20 de julho, conta com a atuação de Maria João, às 22h30, na Igreja Santa Maria.

Mas há muito mais para ouvir e degustar: Isabel Rato Quinteto, LooSense, Body & Soul, Sexteto Palmela Six Jazz, Ruben Garção Duo, Quarteto Desidério Lázaro e Quarteto Edgar Caramelo compõem o cartaz deste ano e juntam-se às quinze adegas locais que vão garantir a prova e venda de vinhos da Região.

Com um mês de julho “a fervilhar” música, Palmela faz jus à sua candidatura para integrar a Rede de Cidades Criativas da Unesco, no campo criativo da música, e que está disponível para consulta em www.palmelaemusica.pt

Recorde-se que o Festival Internacional de Saxofones de Palmela e o Palmela Wine Jazz são duas iniciativas que integram o plano de ação da candidatura Palmela é Música, que apresenta um calendário rico em sugestões culturais, fruto da colaboração e simbiose estabelecida entre a Câmara Municipal de Palmela, associações locais e personalidades do mundo da música que engrandecem Palmela, enquanto terra de músicos.

E no seu roteiro por esta terra de música e vinhos, reserve ainda um tempo para visitar um dos restaurantes locais. Isto porque, até 28 de julho, a Fruta de Palmela é fonte de inspiração das várias ementas que proporcionam “experiências com sabor” em mais uma edição dos Fins de Semana Gastronómicos.

Partilhe esta notícia