Em novembro, o Auditório Municipal Augusto Cabrita (AMAC) recebe duas peças de teatro e uma exposição no âmbito da FESTA DA MARIONETA 2015, promovida pela Artemrede. “Descobridores” sobre ao palco do AMAC já no próximo domingo, dia 8 de novembro. “Peregrinação” e a mostra “Descobridores – Uma Viagem Feita por ti” compõem também o programa, dirigido a miúdos e graúdos.

 

Exposição DESCOBRIDORES – UMA VIAGEM FEITA POR TI

 

Patente de 6 a 15 de novembro, de sexta-feira a domingo, no Piso 0 do AMAC, junto à bilheteira.

 

Esta exposição faz parte do espetáculo com o mesmo nome, DESCOBRIDORES, peça do Teatro e Marionetas de Mandrágora (Coprodução Artemrede)

 

A visita guiada, mediante marcação, viaja entre culturas através do simples gesto de tocar, abrir e fechar; na ação que o gesto conduz a revelar, a esconder, a desvendar, a descobrir, a acolher e a cuidar; onde as crianças se tornam num agente ativo ao interagir no espaço, transformando-se em exploradores e descobridores.

A exposição contou com a coordenação de Vânia Kosta, responsável pela criação plástica de marionetas.

 

Visitas guiadas para crianças dos 2 aos 5 anos, em contexto escolar: de segunda a sexta- feira, das 15h00 às 17h00

Duração: 30m

Horário das sessões:  Das 15h00 às 15h30/ 15h50 às 16h20/ Das 16h30 às 17h00

Visita livre para crianças dos 0 aos 5 anos, a explorar por criança e adulto ao fim-de-semana, das 14h00 às 20h00

Gratuito.

 

 

Descobridores

 

08 novembro |  domingo | Duas sessões – 10h30  para bebés dos 0 aos 2 anos e 17h00 para crianças dos 3 aos 5 anos | Teatro e Marionetas de Mandrágora | Coprodução Artemrede

 

Nascer…chegam pelo mar os descobridores…

Recebidos pela mãe ilha, viajam pelo embalar dos abraços. Em cada terra nasce um menino, em cada terra nasce uma mãe, em Portugal o galo canta, no Brasil os pássaros voam e a mãe é grande, em África a mãe é chão, é terra, na Índia as mãos e os pés da mãe brilham e agitam-se de sons, em Timor a terra é um crocodilo que nos leva a jogar, na China os dragões saltam e a mãe tem mãos que dançam, tocam e embalam. Sonhamos! Terra de cores, cheiros e sons. Uma terra a descobrir com os pais e com aqueles que nos embalam. 

 

Duração – 40 minutos, seguido de visita à exposição que acompanha o espetáculo

Ingresso – 5,00€ (bilhete duplo – uma criança acompanhada por um adulto)

 

Ficha Artística e Técnica

Criação e Interpretação: Filipa Mesquita | Criação Plástica: Vânia Kosta |Música: Fernando Mota |Estrutura Cenográfica: Hugo Ribeiro| Apoio à produção: Clara Ribeiro | Apoio à construção: enVide nefelibata, Joana Domingos, José Machado | Coordenação da exposição: Vânia Kost

 

 

Peregrinação 

28 novembro |  sábado | 16h00 | Companhia Lafontana | Teatro de Marionetas

 

Abram alas à astúcia prodigiosa e à curiosidade infatigável de Fernão Mendes Pinto, que relatou as “muitas e muito estranhas coisas que viu & ouviu” em “muitos reinos & senhorios das partes Orientais” num livro a que deu o nome de Peregrinação, publicado em 1614, trinta anos após a sua morte. Numa obra que convoca vários géneros literários (livro de viagens, romance picaresco), o nosso viajante expõe-se a perigos e sacrifícios, enfrenta medos e obstáculos, mistura factos e ficção. A sua verve brilha no interior de cenas dramáticas (sim, o teatro do mundo) repletas de rocambolescas imagens e visões (um desejo chamado cinema, também). Partindo deste potencial de expressividade cinematográfica, Marcelo Lafontana promove o cruzamento do seu Teatro de Papel – que já havia visitado com Anfitrião (2004) e O Convidado de Pedra (2005) – com os recursos do audiovisual e do multimédia. Num palco transformado em estúdio de cinema, cenários e personagens desenhados e recortados em cartão são manipulados perante o olhar de câmaras de vídeo. As imagens são recolhidas por um sistema informático que promove o seu tratamento, montagem, mistura, sonorização e inserção de efeitos especiais, tudo em tempo real. O resultado final é projetado numa tela, janela tecnológica que se abre aos sortilégios de uma viagem que se faz viajando, com a imaginação à solta.

 

Faixa Etária –  M/6

Duração – 60m s/intervalo

Ingresso – 3,00€

 

Ficha Artística e Técnica

Encenação e interpretação: Marcelo Lafontana | Dramaturgia: José Coutinhas |Cenografia: Sílvia Fagundes |Direção musical: Eduardo Patriarca | Desenho de luz: Pedro Cardoso| Desenho de cenários e personagens: Luís Félix, Rebeca das Neves| Direção de fotografia: JPedro Martins| Sistema e conteúdos multimedia: Luís Grifu| Assistência de encenação: Rita Nova

http://youtu.be/iTXVNt2nkmY

http://vimeo.com/99052304

http://vimeo.com/97412299

 

Partilhe esta notícia