A Biblioteca Municipal de Palmela recebe, no dia 14 de março, sábado, às 18 horas, a apresentação do novo romance de Pedro Pinto, “Serpa Pinto, o Mistério do Sexto Império”.

A partir da Sociedade de Geografia de Lisboa e da casa em ruínas de Serpa Pinto, em Cinfães do Douro, o autor guia-nos numa viagem no tempo até ao século XIX, em África. A personagem principal desta aventura descobre documentos que podem alterar tudo o que sabíamos acerca deste explorador e das suas pretensões em África. Um novo romance, onde mistérios e conspirações contribuem para uma nova perspetiva sobre alguns dos episódios mais marcantes da história nacional.

Nascido em 1971, em Lisboa, Pedro Pinto é jornalista da TVI e diretor adjunto do curso de Ciências da Comunicação da Universidade Autónoma de Lisboa. Em 2009, esteve na Biblioteca Municipal de Pinhal Novo para o lançamento do seu primeiro romance, “O Último Bandeirante”.

A sessão de apresentação de “Serpa Pinto, o Mistério do Sexto Império” contará com sessão de autógrafos. Livros à venda no local.

“O Mistério do Sexto Império é uma extraordinária viagem no tempo, que tem como ponto de partida a Sociedade de Geografia de Lisboa e a casa em ruínas do explorador em Cinfães do Douro, onde Sebastião descobre documentos que podem alterar tudo o que sabíamos acerca deste explorador e das suas pretensões em África.

Um livro que se estende por reinos africanos, de Luanda a Lourenço Marques, sob domínio do rei de Portugal.

A quem interessaria uma conspiração para evitar que Portugal estendesse os seus domínios e fechasse aquele grande espaço central entre Angola e Moçambique?

Onde está a carta do explorador, enviada para o rei?

Será que D. Carlos foi avisado sobre o que se passaria a seguir?”

Partilhe esta notícia