A candidatura “Pinturas Tradicionais em Embarcações”, apresentada pelo Município da Moita às 7 Maravilhas da Cultura Popular, foi a segunda mais votada a nível regional, apurando-se, assim, para as semifinais deste concurso da RTP.

No domingo, 16 de agosto, dia da transmissão do programa em direto de Porto de Mós, a Câmara Municipal da Moita apela à votação nas “Pinturas Tradicionais em Embarcações” através do T: 760 207 818 (custo de chamada 0,60€ + iva – cada telefone tem direito a votação ilimitada – votação possível apenas com números de telefone portugueses).

Se a candidatura do Município da Moita for uma das mais votadas entre as mais de 20 candidaturas a concurso no dia 16 de agosto, passará às meias finais que decorrem nos dias 23 e 30 de agosto, em Loulé e Torres Novas, respetivamente.

A arte popular das pinturas tradicionais que embeleza as embarcações do concelho da Moita, com flores, paisagens, cenas religiosas, tradições tauromáquicas, números e letras de cores garridas, conta com o Professor Carvalho Rodrigues como padrinho. Físico e professor Catedrático, Carvalho Rodrigues é conhecido como o “pai” do satélite espacial português e proprietário da Canoa do Tejo Ana Paula. Apaixonado pelas embarcações tradicionais do Tejo, é um defensor da preservação deste património único e foi um dos impulsionadores da criação da Marinha do Tejo.

No dia 16 de agosto, ligue 760 207 818 e garanta que as “Pinturas Tradicionais em Embarcações” prosseguem no concurso e são eleitas uma das 7 Maravilhas da Cultura Popular do nosso país!