O Departamento de Investigação Criminal de Setúbal (PJ) anunciou esta quarta-feira a detenção de um homem suspeito da autoria de um crime de homicídio consumado do cabo-verdiano Nezinho Andrade, de 26 anos, abatido com um tiro na cabeça na noite do passado dia 27 de julho, na localidade de Arrentela, concelho do Seixal.

De acordo com a PJ, o presumível autor do crime deslocou-se numa viatura automóvel para a frente de um edifício, na rua João Martins Bandeira, no qual sabia que residia “uma pessoa com a qual queria resolver violentamente um litígio anterior”. Contudo, o autor efetuou “um disparo em direção de uma outra pessoa, a qual se encontrava na varanda contígua à do alvo, atingindo-a mortalmente”.

Depois do crime, o homicida fugiu do local, “escondendo-se em diversas zonas do país, tendo sido agora localizado e detido numa localidade da zona centro”.

O detido foi presente a primeiro interrogatório judicial, tendo-lhe sido aplicada a medida de coação de termo de identidade e residência.

Partilhe esta notícia