A Polícia Judiciária localizou e deteve um homem de 60 anos, no concelho de Almada, que estava a ser procurado por autoridades policiais de outros países, existindo mesmo um mandato de detenção europeu que exige a sua extradição para França.

O indivíduo em causa está indiciado “pela prática de violação de uma pessoa vulnerável e administração de substâncias prejudiciais causando incapacidade”.

O detido, de acordo com o comunicado emitido pela PJ, “foi presente ao Meritíssimo Juiz de Instrução Criminal do Tribunal da Relação de Lisboa, que determinou que aguardaria os ulteriores termos do processo de extradição sujeito à medida de coação de prisão preventiva”.

Partilhe esta notícia