A Polícia Judiciária (PJ) anunciou hoje a detenção de um homem de 36 anos por fortes indícios da prática, em coautoria, de um crime de roubo agravado numa farmácia na Quinta do Conde, no início do mês de dezembro.

De acordo com um comunicado, “o presumível autor se introduziu,  conjuntamente com outro homem, ambos encapuzados e, sob a ameaça duma arma de fogo, apropriou-se de algumas centenas de euros, em numerário, que se encontravam na caixa”.

O detido é suspeito da prática de outros factos idênticos e possui antecedentes criminais por ilícitos contra a propriedade, tráfico de estupefacientes e detenção de arma proibida, pelos quais esteve já preso, tendo-lhe sido, agora, decretada a medida de coação de prisão preventiva, após interrogatório judicial.

Nesta ação, a Polícia Judiciária contou com a importante colaboração do Comando Territorial da GNR de Setúbal e prossegue as diligências, no sentido de identificar, localizar e deter o segundo autor.