Politécnico de Setúbal abre candidaturas a Estudante Internacional

Concurso para nacionais de países fora do espaço da União Europeia 

Já se encontra a decorrer, no Instituto Politécnico de Setúbal (IPS), a 1.ª fase de candidaturas ao concurso especial para Estudantes Internacionais, que se prolonga até ao próximo dia 31 de março, abrangendo os estudantes que não têm nacionalidade portuguesa, nem são oriundos de um Estado membro da União Europeia.

Com 40 anos de percurso, o IPS é hoje uma instituição de ensino superior com um marcado ambiente internacional, fruto da crescente procura de jovens estrangeiros em busca de uma experiência académica e cultural enriquecedora. Mais de 800 estudantes de intercâmbio passaram pelas suas cinco escolas superiores, ao longo dos últimos cinco anos, e são atualmente 80 os jovens que se encontram no IPS ao abrigo do estatuto de Estudante Internacional, oriundos sobretudo de Angola, mas também do Brasil e de Cabo Verde. 

Ministrada nos campi das cidades de Setúbal e do Barreiro, a oferta formativa do IPS contempla Cursos Técnicos Superiores Profissionais (CTeSP), licenciaturas, mestrados e pós-graduações e atravessa as áreas da Educação, Desporto, Comunicação, Tecnologia, Engenharia, Ciências Empresariais e Saúde.

A instituição beneficia igualmente de um entorno natural privilegiado, entre a serra da Arrábida, o rio Sado e o mar, e da proximidade geográfica com a capital, Lisboa, numa região que tem vindo a ser escolhida por algumas das maiores empresas internacionais.

Inovação, empreendedorismo, ligação estreita com o tecido empresarial e ensino e investigação assentes na prática são os principais traços de identidade do IPS, o que se traduz numa elevada taxa de empregabilidade, a segunda mais alta do ensino politécnico português.

O concurso especial para Estudantes Internacionais conta ainda com mais duas fases de candidaturas, entre 10 de maio e 16 de junho (2.ª fase), e de 30 de setembro a 3 de novembro (3.ª fase).

Mais informações em https://www.studyinsetubal.pt ou estudar@ips.pt.

Partilhe esta notícia