O Instituto Politécnico de Setúbal (IPS) vai promover em Lisboa e Ponte de Sôr cinco novos Cursos Técnicos Superiores Profissionais (CTeSP), em diferentes áreas estratégicas, que pretendem responder diretamente às prioridades e necessidades das respetivas regiões.

 

Dando continuidade à estratégia de potenciar o conhecimento académico e experiência adquirida de 37 anos, o IPS leva até Ponte de Sor e Lisboa os cursos deProdução Aeronáutica (na Escola de Aviação GAir), Eletromedicina (no CINEL-Centro de Formação Profissional da Indústria Eletrónica, Energia, Telecomunicações e Tecnologias da Informação); Climatização e Energia(na APIEF – Centro de Formação para a Indústria Térmica, Energia e Ambiente); Tecnologias e Programação de Sistemas de Informação e, ainda, Sistemas Eletrónicos e Computadores (ambos no Instituto dos Pupilos do Exército).

Focados no ensino prático e destinados a alunos com o 12.º ano ou equivalente e pessoas que pretendam obter uma formação superior profissionalizante de nível pós-secundário, estes cursos têm uma forte componente tecnológica, capaz de formar profissionais especializados e altamente qualificados, centrados num ensino do saber-fazer para acrescentar talento e valor às empresas da região de Ponte de Sor e Lisboa.

 

As candidaturas decorrem on-line, através do site do IPS em www.ips.pt, de 5 de setembro a 2 de outubro.

Para esclarecer todas as dúvidas e apresentar os CTeSP estão agendadas as seguintes sessões de esclarecimento:

– 16 de setembro (hora a definir) | Campus Aeronáutico de Ponte de Sôr

– 19 de setembro (hora a definir) | Instituto dos Pupilos do Exército

– 20 de setembro (hora a definir) |APIEF

– 21 de setembro (hora a definir) | CINEL

 

Os CTeSP são cursos exclusivos do ensino politécnico, equivalentes a uma qualificação de Técnico Superior Profissional de Nível 5. Com uma forte componente prática, inclui um estágio de 6 meses em contexto empresarial e são criados em estreita colaboração com as empresas e instituições empregadoras, permitindo aos estudantes adquirirem um conjunto de competências especializadas e profissionalizantes, que lhes possibilita um melhor acesso ao mercado de trabalho e/ou o prosseguimento de estudos para uma licenciatura.

 

Mais informações e candidaturas em www.ips.pt.

 

Partilhe esta notícia