O Porto de Setúbal reforçou o incremento do movimento de carga por via ferroviária, em 2015, foram processados 630 comboios nos terminais, contra 547, em 2014, em tonelagem foram atingidas 168 mil toneladas, comparadas com 140 mil, em 2014. Foram aumentos de 15% no número de comboios e 20% na tonelagem da carga movimentada por ferrovia.

Das toneladas movimentadas por comboio, em 2015, destaca-se a quota de 57% referente aos que provêm do hinterland espanhol, concretamente da zona da Extremadura, zona geográfica em que o Porto de Setúbal apresenta significativas vantagens competitivas para as indústrias exportadoras de produtos agroalimentares.

Com a consolidação do movimento de cargas por ferrovia quer para Portugal, quer para Espanha, constata-se o alargamento do hinterland e o reforço da importância do Porto de Setúbal como gateway de entrada e saída de carga Ibérica de shortsea, mas também, a pertinência do investimento na ferrovia para duplicar o número de comboios na zona central do porto. É um investimento que está a ser estudado pelo Porto de Setúbal e a IP – Infraestruturas de Portugal.

Partilhe esta notícia