A APSS iniciou um conjunto de obras de requalificação ambiental na Zona do Moinho Novo, junto do acesso ao Terminal Termitrena do Porto de Setúbal. É uma intervenção numa área que há muito se encontrava abandonada e desqualificada, junto ao sapal existente.

 

Os trabalhos consistem na limpeza geral e demolições de restos de construções; remoção de entulho depositado ilegalmente; construção de caminhos pedonais, com uma ponte em madeira de modo a permitir a passagem dos visitantes e turistas, observadores de aves e do ecossistema; delimitação de caminhos e circuitos pedonais; construção de um pequeno parque de estacionamento para veículos automóveis e bicicletas; instalação de mobiliário urbano (mesas e bancos) para pequenas refeições; instalação de equipamento para observação de aves, integrado na rede turística de observatórios de aves da região; colocação de recipientes para recolha de resíduos sólidos urbanos; bem como a colocação de placards informativos da vertente ambiental e das preocupações ambientais que a APSS tem.

 

Esta intervenção insere-se na política de proteção e preocupação ambiental do porto de Setúbal e de requalificação de espaços sob jurisdição do Porto de Setúbal, que tem vindo a ser implementada pela APSS, com a criação de espaços turísticos e lúdicos de lazer para a população setubalense e que, neste caso, reflete igualmente as preocupações com a educação ambiental e que também servirá a vertente de sensibilização e estudo sobre sistemas sensíveis do eEtuário do Sado (mediante protocolos a celebrar entre diferentes instituições de ensino, do primário ao superior).

 

Partilhe esta notícia