O Verão é sinónimo de sol, calor e praia. A combinação perfeita mas também será para a nossa pele? Uma exposição excessiva e inadequada, sem a devida proteção, conduz a várias alterações, podendo resultar em casos de cancro.

A alimentação pode corresponder a um forte aliado contra os danos provocados pela radiação, actuando como um protector solar interno, ao fornecer diversos nutrientes fotoprotectores.

No auge do Verão, é importante manter a hidratação, seja através da água ou chá, bem como um aporte de alimentos ricos em água e sobretudo antioxidantes.

Para se manter protegido e aproveitando alguns hortofrutícolas da época, destaco alguns alimentos que considero indispensáveis:

 

  1. Frutos vermelhos (morangos, amoras, framboesas, melancia, etc.) – são ricos em água apresentam um baixo valor calórico. Para além disso, contém bastante Vitamina C, que actua com um efeito protector contra os efeitos da radiação e também favorece a elasticidade e firmeza da pele.
  2. Tomate – elevado teor em água e óptima fonte de licopeno, nutriente antioxidante que retarda o enevelhecimento precoce da pele e actua contra os radicais livres (os raios solares são os principais estimulantes dos radicais livres, que em quantidades aumentadas no organismo podem danificar as células).
  3. Frutos oleaginosos (amêndoas, nozes, castanhas do Brasil, etc.) – ricos em vitamina E e selénio, potentes antioxidantes e que complementam a ação da vitamina C. Os frutos oleaginosos são também ricos em ácidos gordos ómega-3, que possuem propriedades anti-inflamatórias, diminuíndo a sensibilidade da pele ao sol.
  4. Cenoura – Baixo valor calórico e fonte de caroteno, fundamental para a síntese de vitamina A, que é igualmente um antioxidante essencial para a renovação das células.
  5. Água de coco – Para além de hidratar, é considerada uma bebida isotónica natural, pois é fonte de sódio e potássio, o que facilita a reposição destes minerais que se perdem através da suor.

Aproveite ao máximo este Verão, mantenha uma alimentação equilibrada e lembre-se que a principal proteção vem de dentro para fora.

Partilhe esta notícia