A produção de vinho na península de Setúbal deverá aumentar em 20%, relativamente à campanha do ano anterior. Os valores para o distrito de Setúbal contrastam, desta forma, com a estimativa nacional, uma vez que o Instituto da Vinha e do Vinho [IVV] prevê que a produção na campanha de 2014/2014 atinja um volume de 5,9 milhões de hectolitros, o que a verificar-se representa uma quebra de 5,7% na produção, comparativamente ao ano anterior.

O IVV acredita que o aumento de produção de vinho no distrito de Setúbal terá “especial incidência nas castas brancas”. As perspetivas animadoras do Instituto para a região alicerçam-se na “boa distribuição da precipitação” e ainda na “ausência de situações complexas de pragas e doenças”.

De acordo com a entidade, “a vinha apresenta-se sem sinais de stress hídrico, com cepas vigorosas e cachos com boa evolução de maturação”, e tem revelado “uma boa e equilibrada evolução na relação açúcares/acidez”.

Partilhe esta notícia