Na sua última reunião, a Câmara Municipal da Moita deliberou aprovar a celebração de um protocolo de colaboração com a Fundação EDP, para o desenvolvimento do projeto do Parque Hortícola do Vale da Amoreira, na sequência da candidatura apresentada ao Programa EDP Solidária.

No passado mês de maio, o Município apresentou uma candidatura ao Programa EDP Solidária, uma iniciativa da Fundação EDP que tem por objetivo apoiar projetos que visam a melhoria da qualidade de vida das pessoas, em particular das socialmente desfavorecidas, a integração de comunidades em risco de exclusão social e a promoção do empreendedorismo social. O projeto apresentado pelo Município da Moita ao programa foi selecionado pelo júri e foi um dos vencedores do referido programa, pelo que vai ser celebrado um protocolo de colaboração para regular os termos e condições associados ao desenvolvimento do referido programa.

A implantação do Parque Hortícola envolve um conjunto de intervenções (limpeza do espaço, ordenamento das parcelas a atribuir, abertura de um furo e construção de rede de rega abrigos para ferramentas) e formação em agricultura biológica dos utilizadores das parcelas de terreno. O Parque prevê também a utilização de três parcelas por parte de associações locais.

 

Celebração de contratos-programa com coletividades

 

Na reunião, foi ainda aprovada a celebração de contratos-programa de desenvolvimento social, cultural e desportivo, com as seguintes entidades: Grupo de Futebol Azul e Ouro, Sociedade Filarmónica Recreio e União Alhosvedrense “A Velhinha” e União Desportiva e Cultural Banheirense, no valor total de 4 650 euros.

Foi também aprovada uma “Saudação ao Poder Local Democrático e aos Trabalhadores das Autarquias” e uma saudação ao escritor Bruno Vieira Amaral, vencedor do Prémio José Saramago 2015.

 

Partilhe esta notícia