Foi aprovado, na Reunião Pública de Câmara de 17 de junho, o Protocolo de Parceria entre o Município do Barreiro e a APL – Administração do Porto de Lisboa, S.A., que define os termos da parceria entre o Município do Barreiro e a APL, para a Reabilitação da Proteção Marginal do Passeio Augusto Cabrita, no Barreiro.

Recorde-se que a APL tem em curso uma empreitada para a 2ª fase da construção da contenção marginal a Norte do Concelho, na Rua do Clube Naval Barreirense, no valor de € 759.544,05.

Para a 3ª fase da obra de reabilitação, e de acordo com o protocolo, compete ao Município do Barreiro “promover a empreitada referente aos pavimentos no coroamento da muralha, atualmente em fase de construção pela APL, denominada Prolongamento do Passeio Augusto Cabrita”.

Esta empreitada tem um custo estimado de € 149.202,83.

A APL “irá desenvolver a empreitada referente à via rodoviária e passeio Sul ao longo de toda a extensão da muralha em construção, denominada por Reperfilamento da Rua do Clube Naval Barreirense, com base no projeto de execução fornecido pelo Município”.

Esta empreitada tem um custo estimado de 367.588,57€.

O Município compromete-se a investir o montante de € 200.000 em outras obras de requalificação da frente ribeirinha do Concelho.

A Câmara Municipal do Barreiro e a APL, reconhecendo a importância desta frente ribeirinha para as populações do Barreiro, têm envidado esforços para que a sua recuperação seja uma realidade visível por todos.

Partilhe esta notícia