O PSD Montijo aponta o dedo à Câmara Municipal, considerando que o seu presidente, Nuno Canta, já foi avisado da falta de segurança no trajeto pedonal dos alunos para as escolas Secundária Poeta Joaquim Serra e EB1 do Esteval, mas nada fez, esquecendo e ignorando o bem-estar e integridade física das crianças e jovens.

 

Os social-democratas afirmam que os alunos que se deslocam a pé para estas escolas fazem-no sem as necessárias condições de segurança, devido à falta de passadeiras e de iluminação pública, à travessia em zonas de pouca visibilidade, circulando em terrenos de terra batida pelo meio de silvados e campos abandonados.

 

A travessia de propriedades particulares, tendo em conta que não existe um percurso na via pública  adequado às crianças e jovens e a circulação em zonas degradadas onde não existe segurança pública e policiamento são também uma das preocupações apontadas.

 

O PSD diz ainda que em frente à porta de acesso à escola do Esteval, a Câmara colocou a paragem de autocarros no local da passadeira para peões, algo que constitui “uma verdadeira aberração”.

 

“Esta situação revela a desorganização urbanística da cidade, a falta de planeamento na organização do pelouro  do  trânsito,  o desgoverno no sector da educação e a irresponsabilidade do presidente de Câmara Nuno Canta”, sublinham os social-democratas.

 

A CPS/PSD Montijo

Partilhe esta notícia