Governo não pode fugir às suas responsabilidades

O PSD Almada testemunhou, com grande preocupação, as notícias sobre a falta de liquidez atual no Arsenal do Alfeite, que levou a que o subsídio de Natal não tenha sido pago juntamente com o salário de Novembro, como é habitual na história do estaleiro, tendo a própria administração anunciado a situação como “crítica”.

Essa preocupação é agravada pelo facto de o Ministro da Defesa Nacional, João Gomes Cravinho, reagir com indiferença, remetendo para o Conselho de Administração a resolução do problema que o próprio classifica como “estrutural” e “grave” pelo que o PSD Almada considera que se trata, precisamente, de uma situação que exige a intervenção da tutela.

Se o problema é “estrutural” e “grave”, tem de haver uma intervenção do Ministro que possa, desde logo, dar algum conforto aos trabalhadores e garantir-lhes que irão receber o subsídio de Natal bem como os próximos salários. 

Se o problema é “estrutural” e “grave”, a tutela tem de deixar claro se a atual gestão do estaleiro mantém o apoio do acionista Estado que ainda em Maio a nomeou.

Se o problema é “estrutural” e “grave”, o Governo tem de certificar que a estratégia que definiu para a empresa vai, efetivamente, aproveitar o seu know-how, torná-la mais viável e reafirmar o seu valor estratégico para Portugal e, particularmente, para a nossa região.

O atual Governo não pode fugir às suas responsabilidades e desperdiçar todos os esforços que já foram feitos, em momentos anteriores, para manter o Arsenal do Alfeite em atividade.