O deputado do PSD do distrito de Setúbal, Bruno Vitorino, considera que o Hospital do Barreiro está a entrar “numa nova fase”, após o problema do passivo ter sido resolvido, estando agora a administração centrada em adquirir novos equipamentos e realizar obras de modernização nesta unidade hospitalar.

Em reunião com o Conselho de Administração do Centro Hospitalar Barreiro-Montijo, Bruno Vitorino realçou que “apesar de todas as dificuldades, conseguiu-se assumir as responsabilidades, diminuindo progressivamente o passivo em três anos, que passou de 37,7 milhões de euros no final de 2012, para já este ano ficar nos 6,1 milhões de euros”.

“Nunca houve uma redução de passivo tão grande ao nível da saúde, especialmente numa época de grave crise financeira”, acrescenta.

O social-democrata destacou ainda as obras que estão a ser feitas nas urgências, nomeadamente no SO, que vão permitir aumentar o número de doentes em observação, e que deverão estar concluídas nos próximos dias, melhorando também as condições de segurança e conforto quer de doentes como de profissionais.

Contudo, Bruno Vitorino adverte que, apesar destas medidas, poderão haver sempre constrangimentos pontuais nas urgências, em casos excecionais, embora o Hospital já tenha medidas previstas para essas situações.

“O hospital está a entrar numa nova fase. Resolvido o problema do passivo, é agora altura de investir em novos equipamentos e em obras de remodelação das infraestruturas”, acrescenta.

Partilhe esta notícia