O deputado do PSD, Paulo Ribeiro, defende que o Ministério da Educação deve resolver urgentemente os constrangimentos que estão a impedir o início do Curso Vocacional de Aquicultura na Escola Básica e Secundária Lima de Freitas, no concelho do Setúbal.

Na sequência de uma visita a este estabelecimento de ensino, o social-democrata pediu esclarecimentos ao ministro da tutela sobre este assunto, até porque o curso em questão já foi autorizado pelo Governo.

“Já foi dada luz verde para este projecto, no entanto ainda não há informação sobre quando é que está disponível a verba para o funcionamento da área técnica do respectivo curso”, adianta.

Paulo Ribeiro sublinha que este é um problema que “terá que ser resolvido o mais brevemente possível, até porque já estão asseguradas todas as questões legais para que o curso funcione”.

“Já foi tudo aprovado. Basta apenas que a verba necessária seja canalizada para a Escola. Esta é uma situação que está a lesar os alunos que se inscreveram para este curso, o qual já deveria ter começado no início do ano lectivo”, lamenta.

O deputado do PSD lembra ainda a importância que o Governo atribui ao Mar, bem como a relevância que esta área deve ter para a economia da região, não compreendendo, por isso, este atraso.

 

 

PSD Distrital de Setúbal

Partilhe esta notícia