Os deputados do PSD do distrito de Setúbal esperam que o Governo dê luz verde às obras de reparação do troço do IC1, entre Alcácer do Sal e Grândola Norte, o mais depressa possível.

 

Pedro do ó Ramos lembra que em Janeiro deste ano, o ministro da tutela em resposta a perguntas dos social-democratas sobre esta matéria, informou que o processo se encontrava dependente da obtenção de Visto Prévio do Tribunal de Contas para o contrato de subconcessão revisto.

 

Segundo informações prestadas pelo governante, o projeto de beneficiação do IC1 já se encontra concluído pelas Infraestruturas de Portugal, sendo que o lançamento da empreitada e respetiva calendarização das obras apenas poderá ocorrer após obtenção da autorização do Tribunal de Contas.

 

O deputado do PSD, que juntamente com as deputadas Maria Luís Albuquerque e Maria das Mercês Borges, percorreu esta manhã o troço do IC1, entre Alcácer do Sal e Grândola Norte, considera que estas obras “devem ser iniciadas o mais depressa possível, evitando assim mais acidentes”.

 

Importa ainda referir que esta obra “insere-se nas renegociações efetuadas entre o anterior Governo PSD/CDS com a subconcessionária, que se traduziram na redução do objeto do contrato desta subconcessão (uma das tristemente famosas PPP Rodoviárias)”, acrescenta.

 

Nesta deslocação ao sul do distrito, os deputados do PSD, juntamente com a presidente da secção de Grândola, Sónia dos Reis, visitaram ainda o Parque de Campismo da Galé e a Casa do Povo de Melides, onde constaram uma vez mais a necessidade de aumentar as respostas para os problemas relacionados com a população mais envelhecida, que é cada vez maior nos concelhos do litoral alentejano.

 

Partilhe esta notícia