Os deputados do PSD do distrito de Setúbal defendem que o hospital do Montijo deve “manter as valências atuais”, pondo de lado qualquer hipótese de “diminuição de serviços que possa prejudicar os utentes”.

Os social-democratas transmitiram ao Conselho de Administração do Centro Hospitalar Barreiro-Montijo a sua oposição a qualquer perda de valências no hospital do Montijo, tendo obtido a garantia de que tal não irá acontecer.

“A administração garantiu que esta unidade hospitalar irá manter o seu atual perfil, não havendo nenhuma alteração”, sublinha Maria das Mercês Borges.

A deputada do PSD critica ainda as recorrentes “suspeições” que são levantadas em torno do futuro do hospital do Montijo, e que vêm criar “insegurança nos utentes, nos profissionais de saúde e na população”.

“É lamentável que sistematicamente alguns venham dizer que o Montijo vai ficar sem as urgências, o que constatamos que não corresponde à verdade”, acrescenta.

Os deputados manifestaram contudo a sua preocupação relativamente à necessidade da melhoria da qualidade dos serviços, referindo ainda que em 2014 foram assistidas mais de 31 mil pessoas nas urgências e que no mesmo ano existiram mais de 2800 cirurgias na unidade de ambulatório.

Partilhe esta notícia