No passado fim-de-semana chegou a público, através dos meios de comunicação social e digital, notícias de confrontos entre a polícia e alguns habitantes do ‘Bairro da Jamaica’, no Seixal. Este caso disputou manifestações populares, diversos confrontos, violência física e apedrejamentos tanto no nosso concelho como fora dele.

O PSD Seixal repudia quaisquer actos de violência que ponham em causa a integridade física de qualquer cidadão, desde o civil até ao policial. Não há qualquer pretensão de alinhamentos com factos que estão na base das alegações, onde as generalizações só provocam desconfortos em ambas as partes, e consequentemente mais reacções que em nada contribuem para a resolução desta problemática.

Vale de Chícharos, vulgarmente conhecido por ‘Bairro da Jamaica’, sofre uma situação de precariedade e de decadentes condições de habitação há mais de 30 anos, com puxadas de água, de luz e de gás, em prédios inacabadas e em risco de derrocada. Uma condição com demasiados anos para suportar persistentes atrasos na sua resolução. Este cenário está a provocar a fragilidade e a exclusão social das famílias e, consequentemente, a marginalização dos seus habitantes. Portanto é urgente realojar as mais de 200 famílias que ainda coabitam no bairro e possibilitar a sua reinserção social. 

O PSD Seixal reitera que as generalizações são sempre negativas, tendo a consciência que são minorias, embora significativas, que pretendem despertar o desacato e o confronto, sem respeitarem as regras de conduta de uma sociedade. Assim sendo, o PSD Seixal lamenta todos os casos de violência que ocorreram nos últimos dias e apela às autoridades competentes que conduzam este caso da melhor forma possível, com o apuramento de todos os factos, e com a resolução rápida da situação do ‘Bairro da Jamaica’.

Fonte:PSD Seixal

Partilhe esta notícia