No dia 11 de agosto de 2015, pelas 12h00, o Comando Distrital da PSP de Setúbal, através da Divisão Policial do Seixal procedeu à detenção de dois homens em flagrante delito, com 47 e 64 anos de idade, na zona da Marisol no concelho do Seixal, pela prática de burla, conhecida pelo esquema dos “Euros Negros”.

A PSP já investigava os suspeitos devido a denúncia prévia das vítimas e impediu a burla no valor de €20 mil euros, cujo montante seria disponibilizado pelas vítimas aos suspeitos em encontro agendado naquele local.

A prática deste ilícito consiste em convencer as vítimas sobre a possibilidade de duplicação de dinheiro através da aplicação de reagentes químicos em papel normal, sobreposto em dinheiro real. Uma vez na posse do dinheiro pertencente às vítimas, os suspeitos guardam-no e devolvem o maço de “dinheiro duplicado” embrulhado e fechado numa mala, convencendo as vítimas que o dinheiro duplicado apenas estaria disponível umas horas depois, permitindo a fuga sem quaisquer suspeitas.

Na sequência das detenções foi apreendida uma mala contendo alguns produtos químicos, líquidos e alguns maços de papel com as dimensões das várias notas em circulação, inclusivamente, de notas de 100 euros.

Os detidos apresentavam-se bem vestidos e um deles identificava-se como sendo ex-general da UNITA, sendo frequente que os suspeitos recorram a posições sociais relevantes para conquistar credibilidade junto das vítimas.

No âmbito da investigação, a PSP também realizou busca domiciliária e contactou vítimas de outras ocorrências semelhantes para realização do reconhecimento pessoal.

Hoje, a PSP apresentou os detidos à autoridade judiciária competente para aplicação das medidas de coação.

 

Partilhe esta notícia