O Núcleo da Quercus do Litoral Alentejano devolveu esta manhã à natureza uma águia de Bonelli. Iniciativa acompanhada pelo Presidente da Câmara Municipal de Alcácer do Sal, Vítor Proença e pela Vereadora do Ambiente, Ana Soares.

A águia foi libertada na Herdade do Pinheiro, no local onde havia sido capturada muito debilitada, no dia 1 de agosto de 2014.

A associação ambientalista Quercus, através do Centro de Recuperação de Animais Selvagens de Santo André, tratou do animal e devolveu-a hoje com sucesso.

Segundo a Quercus, a águia de Bonelli é uma ave de rapina em perigo de extinção.

Após o período de recuperação, a ave foi marcada com uma anilha metálica e foram feitas as suas biometrias, as quais permitirão identifica-la em caso de recaptura. O Centro de Recuperação de Animais Selvagens de Santo André recebeu este ano 124 aves, duas tartarugas e um mamífero e, atualmente, tem 40 animais em recuperação.

 

Partilhe esta notícia