A nona edição da Subida do Rio Coina, realizada no sábado, teve a participação de duas centenas de pessoas, alcançando assim um novo recorde de presenças.

Mais de 200 pessoas e 50 embarcações participaram nesta iniciativa que teve a sua primeira edição há nove anos atrás, e cujo mentor foi o actual vereador do PSD na Câmara Municipal do Barreiro, Bruno Vitorino.

O autarca, que pela segunda vez é eleito para o executivo municipal, tem novamente a responsabilidade da Mata da Machada e do Sapal do Coina.

“Este passeio pelo valor natural do Sapal de Coina tem como principal finalidade a sensibilização para a preservação deste local, bem como para as actividades desportivas, uma vez que o rio possui condições privilegiadas para esta prática”, explica.

Bruno Vitorino lembra que esta zona, juntamente com a Mata da Machada, fazem parte da Reserva Natural Local, sendo que o Sapal do Rio Coina, uma área de valor excepcional, funciona como uma protecção contra a erosão, sendo um berçário de peixes, nidificação de aves e de animais terrestres.

“Temos que nos orgulhar e, sobretudo, preservar o grande património que temos, por isso é que estamos a estabelecer medidas que visem a valorização do seu papel enquanto espaços estruturantes e fundamentais do concelho, zelando pela sua conservação e manutenção”, sublinha o vereador do PSD dando como exemplo a candidatura ao Programa LIFE+, que foi aprovada.

“Este projeto, destinado a atividades de conservação da natureza, corresponde a um investimento global de aproximadamente 1 milhão e 300 mil euros, sendo que metade do financiamento é proveniente de fundos comunitários. Este é um projeto totalmente inovador a nível europeu, porque permite combater espécies invasoras através de ações de voluntariado”, acrescenta.

Partilhe esta notícia