Partiu da Moita, esta manhã, rumo a Viana do Alentejo, a XIX edição da Romaria a Cavalo Moita – Viana do Alentejo, um dos maiores eventos equestres nacionais, que recupera uma tradição antiga dos lavradores da Moita que se deslocavam com os seus animais ao Santuário de Nossa Srª. D’Aires, para pedir proteção e boas colheitas. Mais de 400 cavalos e centenas de romeiros de todo o país partiram da Moita após a bênção da imagem de Nossa Senhora da Boa Viagem, junto à Igreja Paroquial da Moita, pelo pároco da Moita. 

A anteceder a partida, a comissão organizadora, composta pela Associação dos Romeiros da Tradição Moitense, pela Associação Equestre de Viana do Alentejo e pelas Câmaras Municipais da Moita e de Viana do Alentejo, saudou os romeiros e desejou-lhes boa viagem. “Romeiros e visitantes, a Moita saúda-vos. É com grande satisfação que vos recebemos, esperando que a romaria tenha o trajeto que tem tido ao longo destes 19 anos. De ano para ano, vai sendo cada vez melhor, de ano para ano, vai sendo mais conhecida, de ano para ano, vai atraindo mais romeiros, mais visitantes ao longo do percurso e mais alegria em torno da sua realização e é esse o objetivo da romaria. Desejo-vos uma excelente viagem até Viana do Alentejo e lá nos encontramos no próximo sábado”, referiu o presidente da Câmara Municipal da Moita, Rui Garcia. 

O percurso de cerca de 150 quilómetros é feito através de quintas e caminhos de terra batida, pela antiga canada real, mas conhecida por Estrada dos Espanhóis, seguindo o carro-andor que transporta a imagem da Nª Srª. da Boa Viagem, padroeira da Moita. Os romeiros vão pernoitar nas localidades de Poceirão, Casebres, Alcáçovas e junto ao Santuário de Nª Srª. de Aires. A chegada a Viana do Alentejo acontece por volta das 17:00h, no dia 27 de abril.

Apesar do caráter religioso que está na sua génese, a romaria assume hoje uma vertente mais lúdica que privilegia o convívio entre os participantes.

Partilhe esta notícia