Dialogar com os comerciantes, perceber o que, no âmbito das competências da Autarquia, é possível intervir no sentido do desenvolvimento do comércio local foram os objetivos da Reunião com os Comerciantes do Barreiro e Lavradio. A iniciativa, inserida no Roteiro “Barreiro em Desenvolvimento”, teve lugar ontem, dia 11 de junho, na Biblioteca Municipal do Barreiro.

O Presidente da Câmara Municipal do Barreiro realçou, a iniciativa, que a redução da atividade económica no Barreiro “nos últimos 20 ou 30 anos é o maior problema do Concelho”. “A mobilidade e a atividade económica são questões centrais e que não se resolvem apenas com a intervenção da Câmara e das populações”, referiu Carlos Humberto de Carvalho. O Autarca considera que a construção da Terceira Travessia do Tejo “é uma inevitabilidade”, referindo também como essencial a construção das pontes Barreiro-Seixal e de ligação à ponte Vasco da Gama e a continuação do Metro Sul do Tejo. “Qualquer destes quatro projetos só pode avançar com o acordo e mesmo com o financiamento do Governo”.

Em relação à atividade económica, o Presidente salientou a possibilidade de se localizar no Barreiro o porto de contentores, que poderá transformar o território da Quimiparque numa plataforma logística e tecnológica.

Por outro lado, “vamos continuar a trabalhar nas zonas ribeirinhas, em terminar as obras que estão a decorrer a projetar outras”.

Em relação a questões colocadas pelos comerciantes e na sequência da intervenção do Presidente, o Vereador Rui Lopo salientou que “o modelo de desenvolvimento do Barreiro a prosseguir para os próximos 20 anos é o da produção, desenvolvimento económico, indústria com padrões de qualidade ambiental diferentes. O Barreiro, daqui a uns anos, terá o seu caminho traçado para uma revitalização de base económica e produtiva adaptada aos tempos de hoje”.

Salientou que, em breve, será lançado um novo Quadro Comunitário de apoio “que pode ser impulsionador do sistema económico”. Sobre este assunto, de salientar que, no dia 30 de junho, no Mercado Municipal 1º de Maio, tem lugar uma sessão de esclarecimento sobre o novo Quadro Comunitário de apoio, inserida no âmbito do Roteiro.

O Vereador falou, ainda, sobre as obras do Repara que, além de outros benefícios em termos de saneamento e regeneração urbana, podem trazer uma nova dinâmica empresarial na Avenida Bento Gonçalves.

Apelou ainda ao trabalho em parceria “se todos dinamizarmos em conjunto, tivermos um alinhamento comum, conseguimos que as coisas funcionem melhor”.

 

Fonte: CMBarreiro

Partilhe esta notícia