up

Parceria entre a Câmara da Moita e a Raríssimas – Na sua última reunião, a Câmara Municipal da Moita aprovou, por unanimidade, a celebração do Contrato-Programa de Desenvolvimento Social, Cultural e Desportivo entre o Município da Moita e a Raríssimas – Associação Nacional de Deficiências Mentais e Raras.

Neste contrato está previsto, entre outros tipos de apoio, a atribuição de 20 000 euros, verba correspondente à última tranche de apoio à Construção da Casa dos Marcos.

O site da associação: http://www.rarissimas.pt/

Festival da Liberdade 2016 – Associação de Municípios da Região de Setúbal (AMRS), municípios membros da AMRS e estruturas associativas juvenis da Região, escolheram o Barreiro para a realização do Festival da Liberdade 2016.

Tem um bom cartaz, com principal destaque para o palco principal: 10 de Junho – Kumpania Algazarra | Dengaz | Richie Campbell; 11 de junho – Dead Combo | Carlão | Gabriel o Pensador.

Veja o site: http://www.festival.liberdade.amrs.pt/

 

 

 

down

Fome em Portugal – Segundo os dados do estudo “Infofamília” da DGS, em Portugal, 1 em cada 14 famílias tem grandes dificuldades no acesso aos alimentos. Apesar de Portugal ter tido um bom desenvolvimento social e económico nos últimos anos, ainda hoje existem muitas famílias portuguesas onde se saltam refeições por não existir comida suficiente em casa. Estas são algumas formas mais extremas de insegurança alimentar, ou fome, onde se esticam orçamentos ou se recorre a comida de má qualidade e com excesso de calorias para obter a energia necessária para aguentar o dia.

40 Anos após o 25 de Abril ainda existirem estas situações de miséria, é o resultado do falhanço e vergonha dos políticos que nos governaram.

 

Novo aumento dos combustíveis – Para quem diz que ia acabar com austeridade, o governo de António Costa não pára de aumentar a gasolina e o gasóleo. Portugal é o segundo país da União Europeia com a tributação mais elevada sobre a gasolina, considerando o poder de compra dos cidadãos de cada país.

Oiço os meus amigos, que diariamente usam o carro para trabalhar, dizer que não aguentam mais e que têm a “corda ao pescoço”…

Entre os disparates ditos pelo Ministro da Economia Manuel Caldeira Cabral sobre este assunto, o Governo entretanto já fez 1000 nomeações, leia-se “job for the boys”, em 100 dias.

Siga a dança, pois até a extrema-esquerda se mantem calada e até parece que apoia tudo isto.

 

 

Frase da semana :

Somos um país de medricas, de gente subserviente

Rentes de Carvalho

 

 

 

Cláudio Anaia

claudioanaia@hotmail.com

Partilhe esta notícia