Um comboio de mercadorias parou esta terça-feira de manhã de emergência na estação de Alvalade do Sado, em Santiago do Cacém, depois de o sistema hidráulico se ter incendiado, incidente que levou ao corte da Linha do Sul durante cerca de uma hora, informou ao Distritonline fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro de Setúbal.

A mesma fonte acrescentou que o incidente não provocou quaisquer feridos.

A ocorrência registou-se pelas 09h33 e foram deslocados para o local cinco veículos e 16 operacionais, de os Bombeiros Voluntários de Alvalade, Bombeiros Voluntários de Grândola, elementos da Guarda Nacional Republicana e responsáveis da REFER e dos Serviços Municipais de Santiago do Cacém.