Com um grande cartaz musical e este ano com quatro dias de feira – de 26 a 29 de maio – a SANTIAGRO poderá vir a registar “a maior enchente de sempre”. A convicção é de Álvaro Beijinha, Presidente da CMSC, que deixou esta ideia forte na apresentação da 29.ª Feira Agropecuária e do Cavalo, que decorreu no Restaurante A Deolinda, em Santiago do Cacém, no dia 2 de maio.

 

“Aproveitando o feriado de dia 26, apostámos neste 4º dia e esperamos, com essa circunstância, podermos aumentar o número de visitantes”, algo que Álvaro Beijinha considera ser “extremamente positivo para a economia local, em especial para a restauração e para o alojamento, bem como para a própria feira, como é natural”.

 

Às boas expectativas atendendo ao fim de semana prolongado, junta-se “um cartaz muito bom” em termos musicais. “Temos tido a preocupação de procurar um cartaz diversificado, tentando atingir vários públicos”, sublinha o Presidente da CMSC. C4 Pedro (dia 26), AGIR (27), António Zambujo (28, com patrocínio do Crédito Agrícola da Costa Azul) e D.A.M.A (29) são os nomes fortes que vão subir ao palco principal da SANTIAGRO e animar as noites da Feira, complementados, no dia 26, por baile com Rui Soares & Lau; no dia 27, pelo DJ Dadão; e, no dia 28, pelo DJ Rui Miguel.

 

Estes ‘condimentos’ poderão vir a “dar uma nova pujança à feira, que tem vindo a crescer em número de visitantes, em particular nos últimos dois anos”. Álvaro Beijinha destaca “as áreas da agropecuária, do cavalo e também a vertente turística” como destaques maiores da feira, não esquecendo, para que tudo seja possível, “o conjunto de parceiros que se associam à Câmara”.

 

Passeios equestres, ordenha de animais, showcookings, demonstração de horseball (uma novidade da edição deste ano), colóquios, demonstrações da arte de cocaria, degustações e desfile de corais são algumas das ofertas que o programa oferece ao longo de quatro dias preenchidos.

 

A SANTIAGRO 2016 conta com um total de 205 expositores – sessenta na zona coberta e os restantes no terrado da feira – e ainda com 31 espaços de restauração e bebidas. O orçamento total ronda os 180 mil euros, considerados por Álvaro Beijinha como “um investimento e uma mais-valia para a economia local e da região”. O bilhete diário terá o custo de 2 euros e o bilhete geral (4 dias) custa 6 euros. As entradas são grátis até aos 12 anos (inclusive). O recinto volta a ser o Parque de Feiras e Exposições, em Santiago do Cacém.

 

A conferência de imprensa de apresentação do programa, além dos órgãos de comunicação social, contou também com a presença de patrocinadores, parceiros e apoiantes do certame, entre os quais do presidente da Entidade Regional de Turismo do Alentejo e Ribatejo, António Ceia da Silva, do Presidente do Conselho de Administração da Caixa de Crédito Agrícola da Costa Azul, Jorge Nunes, e do Chef André Lopes, que volta este ano à feira para abrilhantar a vertente gastronómica. Álvaro Beijinha esteve acompanhado, na apresentação, pelos Vereadores Albano Pereira e Margarida Santos.

 

 

 

 

SOBRE A SANTIAGRO

 

Quase a garantir três décadas de existência, a SANTIAGRO é considerada a maior e melhor feira de atividades económicas do Litoral Alentejano. Alicerçada na agropecuária, a  feira é amplamente conhecida pela sua vitalidade e dinâmica, bem como pelos seus concertos de qualidade e com nomes de referência do panorama da música nacional, pelos restaurantes típicos e tasquinhas que, como sempre, farão as delícias dos visitantes, e pela  promoção do cavalo e das suas atividades correlacionadas, como a gala e o batismo equestres. Estas continuarão a ser, aliadas à agricultura e florestas, as grandes apostas para este evento.

 

Durante a feira, decorrem também encontros sobre temáticas agrícolas, pecuárias e silvícolas. De salientar ainda a tenda multiusos, espaço onde são apresentados os vinhos e os produtos locais e regionais − sobretudo os direcionados para a gastronomia – que muito orgulham as gentes locais.

 

Num recinto cada vez mais acolhedor e dotado de infraestruturas de apoio, a SANTIAGRO tem vindo a reunir condições cada vez mais atraentes para expositores e visitantes.