O Comando Territorial de Setúbal, através do Posto Territorial de Santo António da Charneca, com o apoio do Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas (NIAVE) de Almada, hoje, dia 3 de setembro, apreendeu uma arma de fogo no âmbito de um processo por violência doméstica, na localidade de Penalva – Barreiro.

Na sequência da investigação, os militares da Guarda apuraram que o suspeito, de 42 anos, exerceu violência psicológica através de ameaças sobre a vítima, de 38 anos, durante e após os quatro anos de relacionamento. No decorrer das diligências policiais, foi realizada uma busca domiciliária à residência do suspeito, tendo sido apreendido um revólver e uma pasta contendo diversa documentação da vítima.

O indivíduo foi constituído arguido e os factos foram remetidos para a Secção Especializada Integrada de Violência Doméstica (SEIVD) do Seixal.

Esta ação contou com o reforço da Secção de Prevenção Criminal e Policiamento Criminal (SPC) do Destacamento Territorial do Montijo.