A Estrada Nacional 4 vai ser alvo de obras de pavimentação a partir do mês de novembro. Até lá serão realizadas obras pontuais para manter a via nas condições mínimas de segurança. A informação foi avançada pelo secretário de estado das Infraestruturas, Guilherme W. d’ Oliveira Martins, numa visita realizada hoje, (16 de março), ao local.

Acompanhado por Nuno Canta, presidente da Câmara Municipal do Montijo, o secretário de estado informou que “estão a ser ultimados os projetos para avançar com a obra que é, para nós, uma obra prioritária. Será efetuada a total remoção do pavimento e introduzido um novo piso, para conferir mais condições a esta estrada de grande importância para o Município do Montijo”.

Guilherme W. d’ Oliveira Martins adiantou, igualmente, que a intervenção terá um custo aproximado de quatro milhões de euros e um prazo de execução de um ano.

O presidente da Câmara Municipal do Montijo mostrou-se bastante agradado com a informação revelada pelo governante, esclarecendo que “numa audiência com o senhor secretário de estado e o senhor ministro do Planeamento e das Infraestruturas tive a oportunidade de informar sobre a prioridade desta estrada. Para o Município do Montijo e para a população é uma satisfação que a recuperação desta via seja uma prioridade a nível nacional”.

O autarca salientou, ainda, que a Estrada Nacional 4 assume grande importância não só para o município como para o país, devido “ao elevado tráfego internacional de mercadorias. A degradação da estrada tem-se acentuado por causa dos veículos pesados e, por isso, é necessário conferir a esta estrada uma nova plataforma viária que permita acomodar este tipo de tráfego”.

A Estrada Nacional 4 liga o Montijo a Espanha. Num troço de cerca de 30 quilómetros, que atravessa as localidades de Santo Isidro de Pegões e Pegões Cruzamento (concelho do Montijo), a referida estrada apresenta graves problemas no pavimento, constituindo-se como um perigo para a circulação automóvel e para a segurança das pessoas.

Fonte: CMM

Foto: CMM