A partir de hoje, dia 5 de março, a Câmara Municipal do Seixal conta com um novo Plano Diretor Municipal (PDM), que é o quarto Plano Diretor de 2.ª geração aprovado na Área Metropolitana de Lisboa.

“A Revisão do novo PDM esteve em discussão pública de 2 de janeiro até 28 de fevereiro de 2014, tendo o tema sido debatido em todas as freguesias o que permitiu a participação de todos os munícipes que quiseram dar a sua opinião e deixar sugestões”, refere a autarquia, acrescentando que “o modelo reflete as opções e importância estratégica atribuída ao desenvolvimento económico e sustentável, a criação de emprego, a requalificação urbana, a participação coletiva, a coesão social e à cidadania”.

O município acredita que com este novo instrumento será possível “aumentar em cerca de 47 % as áreas destinadas às atividades económicas”, ou seja, “atualmente estão disponíveis 556 ha, que representam 6,2 % do total da área do município, acrescentando, após aprovação do PDM, mais 362 ha, o que significa que 10 % da área total do Município passará a estar afeta a espaços de atividades económicas”.

“A Estrutura Ecológica Municipal (EEM), delimitada no PDM do Seixal abrange cerca de 47% do território municipal, aumentando a área de Reserva Ecológica Nacional (REN) de 999 hectares, cerca de 11% do território municipal, para uma área de Reserva Ecológica Nacional (REN) de 2.848 hectares, cerca de 26% do território municipal, numa clara estratégia de proteção da rede ecológica municipal apostando na qualidade de vida das populações e na defesa dos ecossistemas existentes”, realça a autarquia.

A CM do Seixal destaca ainda que o novo PDM dá também especial relevância à criação de novas centralidades e ao desenvolvimento económico deste território e compreende quatro eixos estruturantes que apresentam sete objetivos estratégicos, designadamente a Reestruturação do espaço urbano e consolidação do sistema de mobilidade e transportes, o Desenvolvimento económico sustentável, a Proteção do espaço natural e valorização ambiental e a Promoção da equidade e da coesão social.

Partilhe esta notícia