“Mais do que uma paixão, um movimento” é o lema da 31.ª Seixalíada, que decorre de 20 de setembro até 18 de outubro, em vários locais do concelho. Durante este período a autarquia estima a realização de mais de 170 atividades e 4000 jogos.

Durante a apresentação pública da 31ª Seixalíada, realizada esta terça-feira de manhã, nos Serviços Centrais da CM do Seixal, José Carlos Gomes, vereador do pelouro do Desporto, referiu-se à iniciativa como “a mais importante manifestação desportiva popular do País”, organizada “quase por inteiro” pelos clubes populares do concelho.

A Seixalíada conta com um calendário com mais de 60 modalidades, torneios, convívios, aulas abertas, estágios, galas, demonstrações e fóruns que vão realizar-se em coletividades, escolas e pavilhões escolares, equipamentos e espaços públicos de todas as freguesias do concelho, onde participam atletas de todas as idades, de ambos os sexos, federados ou não, representando clubes, empresas, instituições ou participando a título individual.

O tiro de partida do evento será dado no parque da Transtejo, no próximo sábado, a partir das 15h30. Durante a tarde os visitantes poderão assistir a desfiles, demonstrações e participar em aulas abertas e atividades lúdicas e desportivas para todas as idades e, ainda, assistir a um espetáculo de acrobacias aéreas.

A Seixalíada surgiu em 1982, e tem como objetivos primordiais, de acordo com o município, “movimentar o maior número possível de atletas federados e não federados de todos os escalões etários, sensibilizar a generalidade da população para os benefícios da prática regular do desporto, valorizar os ideais da ética desportiva e reforçar a integração social de todos os munícipes”. Para além da autarquia, participam na organização destas quatro semanas de celebração do desporto o movimento associativo do Seixal, as juntas de freguesia e as escolas do concelho.

 

 

Partilhe esta notícia