O Mercado do Livramento, em Setúbal, foi esta manhã palco de aulas de culinária ao vivo sobre as espécies cavala e carapau, numa ação de promoção do pescado nacional, no âmbito da iniciativa da Semana do Mar e do Pescador.

 

“Estamos a tentar valorizar e promover estas duas espécies junto do público em geral, para que, de certa forma, também se valorize toda a cadeia, desde o pescador ao comerciante e também o próprio cliente final”, explica Rui Santos, da Docapesca.

 

Sob a direção do chef Rodrigo Parracho e o apoio de um grupo de alunos da Escola de Hotelaria e Turismo de Setúbal, os participantes desta iniciativa confecionaram pratos inovadores, em que a cavala e o carapau foram os ingredientes principais, juntamente com outras iguarias, como o puré de funcho.

 

Uma descoberta para o paladar de Bruna Neves, de 10 anos, e de João Neves, 60. Avô e neta contam que partilham muitos momentos na cozinha. A paixão pela culinária fez com que participassem juntos nesta iniciativa.

 

“O meu avô ensinou-me a cozinhar e costumo cozinhar com ele. Foi por isso que hoje viemos aqui os dois para esta aula. Aprendi a preparar o peixe, a saltear cogumelos e a fazer puré de legumes. Foi fácil, é diferente daquilo que como em casa”, conta Bruna, aspirante a “cozinheira e médica”.

 

O avô João Neves, cortador de carnes de profissão e comerciante no Mercado do Livramento há mais de quarenta anos, está satisfeito pela oportunidade de trabalhar ao lado de um chef de cozinha. “Gosto de cozinhar, mas como trabalho com a carne, ter esta oportunidade de aprender a trabalhar o peixe ao lado de um chef é outra coisa. Passou-nos uma mensagem bonita, que é fazermos tudo com amor.”

 

Para o chef de cozinha Rodrigo Parracho, que pela primeira vez cozinha no Livramento, o balanço não podia ser mais positivo.

 

“Superou as expectativas. É bom estar a trabalhar no melhor mercado do mundo, com o melhor peixe do mundo. Tivemos oportunidade de mostrar como se trabalha um peixe diferente, como a cavala. A maioria das pessoas diz que não aprecia esta espécie, mas, depois de se aprender, percebe-se que é um peixe que se torna nobre”, revela.

 

A aula de cozinha ao vivo em torno da cavala e do carapau, organizada pela Câmara Municipal de Setúbal e pela União das Freguesias de Setúbal, em parceria com a Docapesca e a Escola de Hotelaria de Turismo, acontece novamente amanhã de manhã.

 

A iniciativa integra a Semana do Mar e do Pescador, a decorrer até domingo, dia em que se realiza uma “Corrida de Botes a Remos”, às 10h00, no Parque Urbano de Albarquel, a que se segue um almoço-convívio comemorativo do Dia Nacional do Pescador.

 

 

Partilhe esta notícia