Uma escultura alusiva às formas femininas foi instalada hoje no Largo da Misericórdia, em Setúbal, obra de arte que integra o novo desenho urbanístico criado pela Câmara Municipal naquele local da Baixa, no centro histórico da cidade.

A peça escultórica em bronze, de João Duarte, intitulada “Dolce Vita”, retrata um corpo feminino com formas generosas. A obra de arte, com conceção artística na posição sentada, está colocada num dos novos bancos instalados na zona central do Largo da Misericórdia.

A escultura tem cerca de 1,60 metros de altura e meia tonelada de peso. Foi fundida por uma empresa especializada, em Eibar, Espanha, e resulta da ampliação de uma das peças do espólio artístico de João Duarte, escolhida pela Câmara Municipal de Setúbal para o embelezamento urbano do largo.

“Sou conhecido como o escultor das meninas gordas”, refere João Duarte, que na vertente da escultura trabalha sobretudo o tema “Mulher”. Além da escultura, dedica-se à medalhística, área na qual já ganhou prémios internacionais, e ainda à criação de moedas comemorativas.

“Dolce Vita” é a primeira peça que o escultor instala em Setúbal, apesar de já contar com vários trabalhos no distrito, nomeadamente em Sesimbra, Seixal e Sarilhos Grandes (Montijo). Além do bronze trabalha a pedra, sempre com “esculturas inspiradas na mulher”, a temática de eleição, revela João Duarte.

A instalação da escultura culmina a operação urbanística impulsionada pela Autarquia que dota aquele espaço de uso coletivo, que acolhe, regularmente, iniciativas culturais e comerciais, de novas valências de fruição e socialização para comerciantes e, sobretudo, utilizadores da Baixa comercial.

A ação de beneficiação urbana no Largo da Misericórdia incluiu a colocação de cinco bancos modelares, um dos quais, ao centro, dotado de iluminação, que no seu conjunto formam uma peça escultórica contemporânea, e a criação de uma fonte ornamental com seis pulverizadores.

O investimento municipal da ordem dos 110 mil euros englobou a pavimentação da área intervencionada, com 128 metros quadrados, em lajeado de granito, com acabamento antiderrapante, e a execução de novas caleiras em aço galvanizado, com apontamentos artísticos, para as árvores existentes.

Partilhe esta notícia