A Polícia Judiciária (PJ) deteve três homens, com idades compreendidas entre os 25 e os 32 anos, que integravam um grupo organizado que se dedicava ao roubo de casas de câmbio com recurso a arma de fogo, mediante ocultação da sua identidade.

Em comunicado, a PJ refere que os detidos são os “presumíveis autores da prática de oito crimes de roubo qualificado, dois na forma tentada”, acrescentando que constituiu arguido um quarto homem.

“Os crimes investigados ocorreram nos distritos de Lisboa e Setúbal, sendo que os detidos se rodeavam de todos os cuidados, estudando os locais e demais circunstancialismos associados aos estabelecimentos a roubar, preparando ao pormenor os crimes a cometer”, explicam as autoridades.

Além da detenção dos suspeitos, a PJ apreendeu também “elementos de prova muito relevantes”.

Os detidos vão ser presentes a primeiro interrogatório judicial para aplicação das medidas de coação tidas por adequadas.

Partilhe esta notícia