Hoje, 20 de abril, de manhã, realizou-se o Simulacro LIVEX de acidente químico na Escola Básica e Secundária Alfredo da Silva, originando três vitimas (dois alunos e um professor).

Estiveram envolvidas cerca de 700 pessoas (alunos, docentes e não docentes), as corporações de Bombeiros Voluntários do “Sul e Sueste” e do “Barreiro – Corpo de Salvação Pública”, bem como a Polícia de Segurança Pública.

 

Na opinião da Diretora deste estabelecimento de ensino, Ana Paula Costa, este tipo de exercício “é fundamental para pôr em prática o Plano de Segurança Interno e ver se as medidas de autoproteção propostas são eficazes. Só através deste exercício conseguimos saber o que podemos melhorar numa situação real”.

 

Na ocasião, a Diretora sublinhou, ainda, o “importante apoio prestado pelas forças de segurança, Proteção Civil e Câmara Municipal do Barreiro”.

 

Posteriormente, realizar-se-á uma avaliação no sentido de se conhecer os pontos fortes e fracos deste exercício.

 

Com este simulacro, refira-se, pretende-se exercitar a comunidade escolar nos procedimentos de emergência previstos no plano de segurança interno. Visa, ainda, exercitar a articulação entre a direção da escola, o responsável de segurança e o Serviço Municipal de Proteção Civil, o corpo de Bombeiros e a Polícia de Segurança Pública.

Partilhe esta notícia