O Complexo Industrial de Sines foi o caso de estudo escolhido pelos investigadores nacionais no âmbito do projeto europeu REAKT – Strategies and tools for Real Time EArthquake RisK ReducTion, que visa analisar a vulnerabilidade sísmica das principais estruturas do espaço e os benefícios da implementação de um sistema de alerta precoce de vibrações no complexo. Os resultados do estudo serão apresentados nos dias 15 e 16 de outubro, num workshop no Centro de Artes de Sines.

Durante a apresentação do projeto, os investigadores irão deixar diversas recomendações para a redução do risco sísmico em estruturas e equipamentos, bem como um estudo das interdependências do Complexo que poderá ser utilizado no planeamento de contingência e de emergência e na concepção de medidas de autoproteção em unidades industriais.

Na tarde do segundo dia será realizada uma visita de estudo ao Complexo Industrial de Sines e a algumas das suas instalações específicas, para dar conta de problemas que podem ocorrer em caso de sismo ou de tsunami.

A participação no workshop, organizado pelo REAKT / Instituto Superior Técnico, com o apoio da Aicep Gobal Parques, Administração dos Portos de Sines e do Algarve e Câmara Municipal de Sines, é gratuita, porém os interessados devem inscrever-se até ao dia 10 de outubro através do seguinte link : https://sites.google.com/site/reaktworkshop

Partilhe esta notícia