Os TCB comemoraram o seu 60º Aniversário com a inauguração de um inovador serviço de bicicletas elétricas partilhadas – TCBikes –, disponível com um título dos transportes do Barreiro.

 

A Sessão Comemorativa do Aniversário, que contou com a presença do Secretário de Estado Adjunto e do Ambiente, José Mendes, decorreu na tarde da passada sexta-feira, dia 24 de fevereiro, no Auditório da Biblioteca Municipal do Barreiro. No evento foi, ainda, apresentado o Estudo de Sustentabilidade e de Renovação da Frota, por Pedro Santos, da TIS, empresa consultora na área dos transportes e mobilidade. O Presidente da Câmara Municipal do Barreiro (CMB), Carlos Humberto de Carvalho, e o Vereador responsável pelos Transportes, Rui Lopo, foram os anfitriões.

 

No evento que assinalou, conforme esclareceu Rui Lopo, o 60º aniversário “da operação dos transportes” – porque, em rigor, passaram, já, 62 anos da decisão administrativa da sua criação –, foi anunciada a submissão da candidatura para a comparticipação da aquisição de 60 novas viaturas, que, disse, “melhorarão o funcionamento da cidade e o serviço público de transportes que prestamos”. O processo de renovação da frota decorrerá até meados de 2019.

 

Alargamento do serviço foi “um primeiro passo”

 

“Somos defensores dos transportes públicos municipais”, afirmou oPresidente da CMB, sublinhando que, “nos últimos 60 anos, os TCB estruturaram o Concelho do Barreiro”, permitindo a “aproximação” das freguesias mais distantes ao centro. “Hoje temos uma rede de transportes que, praticamente, nos leva a todo o lado”, traçada em função de pontos nucleares, como escolas, centros de saúde, mercados, espaços de cultura, vida noturna e ligação com outros transportes.

Foi preciso um conjunto de medidas “corajosas”, admitiu, para dar sustentabilidade financeira aos TCB. “Estamos a entrar num patamar diferente”: “um serviço de transportes e mobilidade”, combinados.

Carlos Humberto de Carvalho defendeu a necessidade de “um passe social que integre toda a Região de Lisboa”, e com outros tarifários: “Não podemos continuar com uma bilhética com estes valores”.

Recorde-se que os TCB operam no Barreiro, tendo, recentemente, alargado o seu serviço a três freguesias do Concelho da Moita, facto que considerou “um primeiro passo”.

 

Serviço público de transportes, de titularidade municipal, com futuro sustentável

 

Elogiando o 60º Aniversário, o Secretário de Estado realçou os mais de 9 milhões de passageiros transportados pelos TCB.

“O serviço público de transportes, de titularidade municipal, (…) próximo da população, próximo do ordenamento do território, próximo da gestão da via pública, tem um papel central no sistema de mobilidade das cidades e, seguramente, tem um futuro que é, necessariamente, sustentável”, afirmou.

José Mendes defendeu a “descentralização com o reforço das competências das autarquias” correspondendo o “reforço dos respetivos meios financeiros”.

“O Estado apoia e continuará a prestar apoio ao tarifário”, garantiu, o que se traduz em cerca de 150 milhões de euros.

Sobre os ajustamentos tarifários falou do aumento deste ano, de cerca de 1,5%, lembrando os 15% em julho de 2011: “Temos consciência de que é um aumento mas estamos, também, a cuidar de quem tem que gerir as empresas e tem necessidade de ter as receitas necessárias para manter o sistema sustentável”.

“Desinvestir num sector como este significa, sempre, incorrer em custos acrescidos mais adiante, ponto. Não há volta a dar”, concluiu.

 

Durante a tarde, o Secretário de Estado visitou as instalações dos TCB. No final da Sessão Comemorativa, os convidados, encabeçados por José Mendes, Carlos Humberto de Carvalho e Rui Lopo, dirigiram-se ao largo do Mercado 1º de Maio e inauguraram as TCBikes, com diversas voltas de bicicleta ao local.

 

Da Sessão ficou, também, a nota do convite ao Secretário de Estado para visitar o Barreiro no âmbito das suas competências ao nível da reabilitação urbana.

 

TCBikes

 

 

Serviço de disponibilização de bicicletas elétricas integradas na rede de transportes públicos da Cidade do Barreiro, operada pelos TCB.

São disponibilizadas 10 bicicletas, alocadas a 2 estações de recolha/entrega, localizadas no centro do Barreiro (Parque Catarina Eufémia) e Terminal rodo-ferro-fluvial do Barreiro. Cada estação tem capacidade para 10 bicicletas. 

As bicicletas estão disponíveis para os passes:

TCB 30 dias – TCB 30 dias 4_18\Sub23 – TCB 3ª Idade – TCB Jovem,

sem qualquer custo acrescido, entre as 8:00 e as 22:00 horas.

Cada cliente com o cartão Lisboa Viva carregado com um destes títulos tem direito a 1 hora de utilização diária, sendo colocado em lista negra em caso de abuso.

A 1 hora diária não necessita ser seguida, desde que a bicicleta seja depositada nas docas.

As bicicletas encontram-se equipadas com equipamento GPS, e o utilizador concorda com a monitorização da sua viagem durante a utilização deste serviço

A utilização das bicicletas é restrita ao interior do Concelho do Barreiro, para lá destes limites é considerada abusiva.

O cliente terá de se deslocar ao Espaço Mobilidade ou ao posto do Terminal para concordar com os termos de responsabilidade de uso da Bicicleta, permitindo aferir e atualizar os dados dos clientes, só depois poderá usufruir da mesma. 

Quando o cliente é menor de 18 anos a Declaração de Autorização para Acesso a Dados Pessoais, terá de ser obrigatoriamente assinada pelo responsável do menor.

sugestoes.tcb@cm-barreiro.pt

 

Os TCB, recorde-se, nasceram a 24 de fevereiro de 1957.

Partilhe esta notícia