Uma equipa com peritos do Centro Comum de Investigação europeu e elementos do Serviço Municipal de Proteção Civil e Bombeiros de Setúbal realiza amanhã um teste num equipamento do protótipo de dispositivo de alerta de tsunami instalado na cidade.

A operação da equipa internacional, liderada pelo investigador Alessandro Annunziato, testa uma tecnologia de medição das variações do nível do mar que integra o sistema experimental capaz de detetar antecipadamente a ocorrência de tsunami e alertar as populações em caso de emergência.

No exercício, a realizar no Molhe da Secil, a partir das 10h00, os investigadores simulam no equipamento um cenário de mudança abrupta do nível do mar. O objetivo é estudar o comportamento da tecnologia, nomeadamente na transmissão de dados para os vários locais interligados neste dispositivo.

O dispositivo de alerta de tsunami é desenvolvido pelo Centro Comum de Investigação, organismo da Comissão Europeia, em colaboração com a Câmara Municipal de Setúbal, a Proteção Civil, a Administração dos Portos de Setúbal e Sesimbra e a empresa Hidromod, que instalou o equipamento em 2011.

O dispositivo de alerta, com um painel informativo no Parque Urbano de Albarquel e várias estações de controlo, integra um Modelo Global de Propagação de Ondas Tsunami, desenvolvido pelo Centro Comum de Investigação no contexto do Sistema de Coordenação e Alerta Global de Desastres.

Fonte:CMSetúbal

Partilhe esta notícia