Na Torre do Tombo, Tiago Rodrigues encontrou um arquivo enorme da censura exercida sobre o teatro durante o regime fascista. Entre milhares de textos de teatro submetidos ao exame dos censores do Secretariado Nacional de Informação, ficou particularmente interessado nos relatórios escritos pelos próprios censores, onde explicam os cortes ou proibições de textos e encenações.

A ironia por trás de Três Dedos Abaixo do Joelho é que transforma os censores em dramaturgos, usando os seus relatórios como o texto de um espetáculo que é uma máquina de censurar poética e absurda. De alguma forma, aqueles que oprimiram a liberdade artística e política do teatro deixaram-nos uma herança que nos pode ajudar a redescobrir o perigo e a importância do teatro na sociedade.

Esta peça foi eleita pelo jornal Público como uma dos 10 melhores apresentadas em Portugal em 2012 e foi nomeada para os Prémios SPA na categoria de Melhor Texto Português Representado e Melhor Espetáculo de Teatro, tendo sido premiada pela última nomeação. Foi ainda galardoada na categoria Melhor Espetáculo de Teatro de 2012 pelos Globos de Ouro.

Três Dedos Abaixo do Joelho é um espetáculo apresentado pelo Mundo Perfeito, com organização da Artemrede.

Destinatários: maiores de 12 anos

Bilhete: 3 €